• QG Bye, Bytes!

Tudo sobre o Desastre Biológico 17

Atualizado: Ago 20

Em 2220 o 17º Desastre Biológico (DBio17) assolou toda a superfície do planeta Terra, tornando-o definitivamente inabitável. As únicas culturas alimentares disponíveis são o trigo e a soja, manipulados com aromatizantes sintéticos de diversas maneiras para assimilarem-se a comidas de verdade.

Nada mais cresce no planeta e os poucos animais restantes lutam para se adaptar rápido o suficiente à mais nova aniquilação da biodiversidade em níveis nunca vistos antes. É como se os presidentes competissem entre si para ver quem é mais capaz de aniquilar toda a vida na Terra.

As poucas famílias ricas da vanguarda de exploração espacial levaram todo seu capital humano e financeiro para suas colônias em Marte e Lua, deixando para trás toda a destruição [que causaram ao] do Planeta Azul. Aos 30 bilhões que ficaram, restou a competição desleal, a poluição, e agora as últimas duas plantas comestíveis a nascerem na superfície - ou melhor, no subterrâneo do planeta.

Em uma tentativa malfadada de exterminar pobreza, fome, sobrepopulação e crise energética, as grandes corporações restantes do planeta se uniram secretamente e lançaram pragas biológicas impossíveis de serem combatidas; o que não puderam (ou não quiseram) prever é que as mesmas pragas que exterminaram 15 bilhões de vidas humanas também levariam à morte todas as espécies de animais cultiváveis e plantas comestíveis do planeta.

Nem mesmo os oceanos de plástico, resquícios das gerações antepassadas, escaparam da contaminação e incapaz de sobreviver aos ataques biológicos causados por mãos humanas, pescadores e animais marinhos foram extintos da Terra. Os últimos Resistentes das Algas, Bactérias, Plâncton, Peixes e Mamíferos Aquáticos pereceram em questão de meses. Toda a água que recobre a superfície global tornou-se inóspita e estéril.

Fomos confinades definitivamente ao subterrâneo, temendo a luz do Sol e das Estrelas e alimentades por luzes artificiais, atmosferas artificiais, comidas artificiais, governos artificiais e de baixa inteligência. Não há mais nada para salvar, além do passado. E nós do Quartel General Bye, Bytes! não pouparemos esforços, recursos e Resistentes para restaurar o mínimo da sobrevivência necessária. Aos 500 bilhões de vidas ceifadas pela imprudência humana, afirmamos:


Eles são negligência, mas nós somos a Resistência. Enquanto houver UM Resistente, haverá esperança para a restauração da Terra, independente da colonização de Marte e Lua.



***


É vedada a reprodução desta e todas as obras do site sem o consentimento explícito da autora com base na Lei Nº 9.610 de 19 de fevereiro de 1998 (Lei dos direitos autorais). Para mais informações entre em contato por email contatobyebytes@gmail.com .


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo