Sobre

A Bye, Bytes! ou Resistência Bye, Bytes! é uma sólida organização de contracultura dos anos 2220 que busca dirimir e reverter os efeitos da destruição ambiental completa da Terra.

 

sci-fi / ficção científica

Pessoas se conectam com histórias de outras pessoas, melhor ainda se a conexão trouxer reflexão e questionamentos sobre a vida: a ficção científica propõe questionar o presente e o futuro de forma crítica, tanto explorando o melhor quanto o pior lado da capacidade humana de explorar o ambiente a seu redor.

 

distopia

"Ideia ou descrição de um país, de uma sociedade ou de uma realidade imaginários em que tudo está organizado de uma forma opressiva, assustadora ou totalitária, por oposição à utopia."


Dicionário Priberam da Língua Portuguesa 

 

contos

Através de histórias curtas colecionadas no blog dentro desse universo onde existe a Bye, Bytes! espero provocar em quem as ler reflexões sobre nosso modo de vida, responsabilidades e instigar a busca por soluções materiais antes que seja tarde demais.

 

por que falar de veganismo?

"O veganismo é uma forma de viver que busca excluir, na medida do possível e do praticável, todas as formas de exploração e de crueldade contra animais, seja para a alimentação, para o vestuário ou para qualquer outra finalidade”

Para a Bye, Bytes!, ser vegan significa que nossa liberdade de agir acaba quando esbarramos na liberdade de outros seres sencientes (seres vivos que são capazes de sentir). Acreditamos que para garantir um futuro para a nossa e as próximas gerações temos de alinhar nossas filosofias de libertação humana com a filosofia da libertação animal- afinal, por mais que criemos mecanismos, bytes e Inteligências Artificiais nós ainda somos animais de carne e osso e senciência.

Saiba mais em https://www.sejavegano.com.br e através do blog.

 

a autora / esta que vos fala

Elisa FS – orgulhosamente esquisita, é mulher, cisgênera e do vale, tem 24 anos, é vegana há 6 e vegetariana há 11. Gastou a vida inteira até agora seguindo caminhos que lhe foram sugeridos, mas que não eram os dela. Ex-contadora e ex-bartender, abriu e faliu seu próprio negócio em 2021. Decidiu então dedicar-se às carreiras de modelo comercial e escritora.

Dificilmente acredita em si mesma, mas está convencida de que a maior conquista até aqui é ter vivido dia após dia.